Reprodução

Quando o filhote completa alguns meses de idade, ao se aproximar da puberdade, a questão da reprodução vêm à tona. Por isso, é importante se informar sobre a castração e a gestação das gatas.

Esterilização

A castração ou esterilização é um tipo de cirurgia que, não só elimina o cio, mas também evita várias doenças, prolongando a expectativa de vida. A castração também pode ajudar em alguns problemas comportamentais, embora esta não seja a principal razão para fazer essa cirurgia.

Alguns proprietários ficam preocupados com a mudança de personalidade ou com a possibilidade do filhote ficar gordo e preguiçoso. A esterilização realmente afeta o apetite do gato, fazendo com que o animal tenha mais vontade de comer e menos vontade de se exercitar.

Ao mesmo tempo, as alterações hormonais estimulam a produção de tecido adiposo. Por isso, é preciso fazer alterações na dieta e nos hábitos do gato, para evitar problemas de obesidade. A linha Sterilised oferece nutrição específica para gatos esterilizados, o que ajuda a controlar o peso do animal.

Gestação

A gestação dos gatos dura entre 63 e 66 dias. Uma semana antes de dar à luz, a gata busca um lugar tranquilo e com pouca luz, enquanto se apropria de vários objetos para fazer um ninho. Uma caixa com panos limpos em um guarda-roupas costuma ser o local preferido das gatas.

Os filhotes nascem em intervalos de 30 a 60 minutos cada e a gata rasga o saco amniótico para tirar o recém-nascido. Para estimular a respiração, é comum a gata lamber intensamente seus filhotes. A ninhada varia de um a 10 filhotes, com peso médio de 100g cada.

As primeiras quatro semanas são essenciais para a saúde do gato, uma vez que ele só mama e descansa enquanto seu organismo trabalha garantindo a produção de todos os anticorpos que ele necessita.