Meu Filhote

Se o seu cãozinho chegou ainda filhote na sua casa, prepare-se para tomar alguns cuidados especiais nessa fase. Cuidando bem desde pequeno, seu filhote tem tudo para crescer forte e saudável!

Chegada ao novo lar

Antes de trazer seu cachorro para casa, seja ele adulto ou filhote, é importante preparar o ambiente para recebê-lo.

Determine o lugar onde ele deve fazer as refeições e outro para ele dormir, como um tapete ou uma casinha, sempre longe de portas e janelas para que ele não pense que controla quem chega e quem sai.

Providencie também uma coleira. E enquanto ele for filhote, proteja-o de escadas e quartos de crianças, onde ele possa morder ou engolir brinquedos.

Alimentação

Esta é a fase mais importante para o desenvolvimento do animal. Por isso, é importante que o filhote não coma pouco e nem muito, para não perder peso e nem desenvolver a obesidade.

Depois que o filhote desmama, o ideal é alimentá-lo quatro vezes ao dia, passando a três vezes após algumas semanas e, então, a duas vezes, quando ele completar seis meses de idade, sempre em horários fixos.

Por isso, uma boa dica é alimentar seu filhote com os produtos da linha Nutrição Saúde, que serve a cada tipo de filhote os nutrientes exatos para atender suas necessidades.

Treinamento

O cachorro costuma levar de um a dois dias para se adaptar ao novo lar e algumas medidas simples podem ajudá-lo a criar sua rotina. A mais importante é, desde cedo, deixar claro para o cão quem manda na casa. Por isso, não permita, mesmo no primeiro dia, que ele quebre as regras que você determinar.

Se ele subir no sofá ou na cama, por exemplo, aja com firmeza e suavidade para proibi-lo, utilizando o comando “não”. Caso ele apronte alguma coisa, você pode repreendê-lo, desde que o cão seja pego no flagra. Chamar sua atenção tempos depois do ocorrido não vai adiantar, pois o animal não consegue compreender.

Já para ensinar alguns truques, a dica é oferecer uma recompensa (nunca em forma de alimento) ao cão sempre que ele fizer a atividade de maneira correta. Fale comandos simples, como senta e em pé, sempre com um tom de voz firme, e chame o cachorro sempre pelo nome, para que ele aprenda desde o primeiro dia.

Cuidados iniciais

Os passeios são essenciais ao filhote, não só para fazer suas necessidades, mas também para socializar. Como o cão é um animal muito social, ele tem necessidade de sair de casa para ver outros lugares, pessoas e animais.

Também é importante desenvolver a higiene diária desde cedo, para o cão prevenir doenças e se acostumar.

Visitas ao veterinário

Logo que pegar o cãozinho, o ideal é consultar um veterinário em no máximo cinco dias. Assim, o profissional poderá se certificar de que o animal está com a saúde perfeita e fornecer dicas específicas para o cuidado do pet, além de organizar o cronograma de vacinas.

Durante esta fase são recomendadas de uma a três consultas, com um intervalo de três a quatro semanas entre elas.